Uma viagem pelos meus discos
Nu Jazz Flavour 02 - DJ Karsten Era músico virtuose, daqueles que estudam 10 horas por dia de guitarra de jazz.  A primeira vez que entrou em uma boate já estava com 24 anos, a convite de uns amigos para cobrir um Dj. Tocou, gostou e em uma semana era residente de uma das maiores casas de Nu Jazz na Alemanha. Inventivo e perspicaz, Karsten John faz parte da cena há dez anos, hoje tem um selo chamado vinylvibes, onde lança novos nomes, em vinil, claro. No seu programa de rádio semanal, Karsten apresenta uma sofisticada seleção de sons e estilos e sua audiência mundial tem crescido muito.  Escute o último programa .

O que é o Nu Jazz? Você acredita numa cena de Nu jazz? Já que está engloba de um certo modo outros gêneros musicais?

Ainda existem alguns produtores que produzem um som mais clássico, da Itália por exemplo Gerard Ferdiand. Era um som que tipicamente tinha influências do som brasileiro,do jazz, um pouco de club music, mas não está mais “acontecendo?...As pessoas estão ficando casadas, como em qualquer moda, acaba ficando mais popular, daí vem a industria da música dando o nome de Nu jazz ou Nu Bossa em várias compilações que na maioria nunca se sabem quem está tocando nelas, apenas para ganhar dinheiro.

Um vez me falaram que Nu Jazz é a nova evolução do Lounge music, na Europa, onde o estilo está muito mais polido como é visto o Nu?

Agora já tem mais tantas pessoas que fazem esse tipo de música mais. Acredito que hoje em dia as pessoas estão um pouco cansadas do nome Nu jazz, acho que o que acontece agora é as pessoas se voltarem para as vertentes originais do jazz, tem muita coisa boa vindo da Scandinávia e do Japão. Por outro lado existe coisas indo para o lado oposto, do eletrônico Mais ou menos uma Loung Music, para a surpresa de todos, as pessoas começaram a dançar esse tipo de música lounge e gostarem do ritmo que não precisava ter a tensão de outros beats, uma atitude mais relaxada. Então por um lado é verdade que é conectado com a música lounge,


Confira toda a entrevista no Eletronic Brasil
Direct download: Nu_Jazz_Flavour_02_copy_1.mp3
Category:Eletronic Brasil Nu Jazz Flavour -- posted at: 1:30am -03

Discofonia 43 - The Brave and the Bold Nas últimas semanas eu ouvi bastante o disco do Tortoise com o Bonnie 'Prince' Billy, The Brave and the Bold, que traz covers de um monte de gente bacana, de Bruce Springsteen ao Clube da Esquina. Então eu resolvi buscar as versões originais para montar o podcast. Pena, faltou Pancho, do Don Williams, mas mesmo assim tem um trechinho.

1. Cravo e Canela - Tortoise & Bonnie 'Prince' Billy
2. Thunder Road - Bruce Springsteen
3. It's Expected I'm Gone - Minutemen
4. Daniel - Elton John
5. Love Is Love - Lungfish
6. Pancho - Don Williams
7. Pancho - Tortoise & Bonnie 'Prince' Billy
8. That's Pep - Devo
9. Some Say (I Got Devil) - Malanie
10. Calvary Cross - Linda & Richard Thompson
11. On My Own - Quix*o*tic
12. Cravo e Canela - Clube da Esquina

[]s

Guilherme
Direct download: Discofonia_43_-_The_Brave_and_the_bold.mp3
Category:podcasts -- posted at: 3:21am -03

Nu Jazz Flavour 01 - DJ Tahira (Afrobeat)

01 - daktaris - eltsuhg ibal lasiti (daptone)

02 - kokolo - mr sinister (jamayka recs)

03 - manu dibango - soul makossa

04 - karl denson fred wesley roy hargrove - elephants (freestyle )

05 - fela kuti - water get no enemy (moton records inc)

Afrobeat. Não é um estilo musical conhecido pela maioria. Mas todos interessados em música conhecem ou já ouviram falar. Os EUA tiverem a febre do Afrobeat em 2001 e a Europa também em 1999. Pouco explorado, comentado e tocado, infelizmente o Brasil ainda não teve a sua Afrobeat Explosion, mas é algo inevitável como Tim Maia Racional ou James Brown Pass The Peas. A vez é do nigeriano  Fela Kuti e todos seus seguidores e admiradores vão chegar. É uma questão de tempo.

Eu começo o set com Daktaris - Eltsuhg Ibal Lasiti (não me pergunte com o se pronuncia isso). Parece velho, mas é novo. O seu único álbum Soul Explosion foi uma surpresa a todos. Até então, ninguém acreditava que se poderia fazer um trabalho atual de qualidade dentro do Afrobeat. Com isso o álbum abriu portas para outras bandas novas investirem no ritmo africano.

Kokolo também é um exemplo do novo Afrobeat feito em território nova-iorquino. Misturando influências afro, latinas e de funk os caras trazem um algo mais para a nova cena. Não é o caso de Mr Sinister, mas em outras faixas é bem interessante ouvir Afrobeat com vocais em latinos.

Outro fresh sound fica com o saxofonista Karl Denson. Já na estrada há um tempo. Ele sempre trabalhou na área de raw funk (baixo e bateria) e fez sucesso no circuito de Acid Jazz com o Greyboy. Dessa vez ele reaparece com seu primeiro álbum The Bridge. E Elephants é uma das faixas e tem participação de Roy Hargrove e Fred Wesley. Bem africano e bem atual.

As duas lendas que não poderiam faltar são Manu Dibango e Felá Kuti. Dibango é o artista pop africano mais famoso de todos os tempos. Sua música Soul Makossa invadiu os charts americanos e introduziu o som africano ao mundo.

Felá Kuti é o herói da ?frica. Não tão famoso como Dibango. Felá é mais undergound e pai desse movimento Afrobeat. A mistura de influências como jazz e funk ao ritmo africano criaram essa batida hipnotizante que faz historia até hoje.

Protestos contra abuso de poder, pobreza e resistência são os temas de suas letras. Suas músicas têm um groove infernal e duram em torno de 15 minutos ou mais. O que gosto mais na música de Felá Kuti são seus metais poderosos e o jeito que a música cresce. Tem gente que faz música de cinco minutos e deixa tudo igual. Esse cara faz sons longíssimos e parecem poucos minutos.


DJ Tahira

Direct download: Nu_Jazz_Flavour_01.mp3
Category:Eletronic Brasil Nu Jazz Flavour -- posted at: 3:27pm -03

Eletronic Brasil e Discofonia lançam o PODCAST Nu Jazz Flavours com festa
Sexta 07 abril de 2006

O site Eletronic Brasil e o Discofonia se juntaram para fazer um novo podcast: Nu Jazz Flavour, um programa que trará sets de DJs brasileiros e estrangeiros, além de uma pequena entrevista. A cada 15 dias, um programa novo: Bronken Beat, Nu Jazz, Nu Soul, Future Funk, Afrobeat e muitas surpresas eletrônicas.

O projeto começa com uma festa na sexta-feira, 7 de abril no Bar 13 (Rua Alagoas, 852, Higienópolis), que, além da parceria, comemora os oito anos do Eletronic Brasil e o primeiro ano do Discofonia. No s pick ups: DJ Ben (Nu Grooves), Guilherme Werneck (Discofonia), Tahira (Afrobeats), Serginho + Trepanado (Marra!).

Criado em 1998, pela fotografa e designer Priscila Bertucci, o Eletronic Brasil é um web site voltado as diferentes vertentes da música eletrônica e brasileira. Uma rede de jornalistas e artistas independentes colaboram para trazer informações sobre novas expressões artísticas, movimentos culturais e sociais. Trata de música mas também de tecnologia, arte, filosofia, política e cidadania.

DJS:

*Serginho +  Trepanado (MARRA!)

*Guilherme Werneck (DISCOFONIA)

*Tahira  ( AFRO BEATS)

*Ben  (NU GROOVES)


Serviço:

Bar treze - Rua Alagoas, 852, Higienópolis - SP

Fone: (11) 36660723

Cartões: Visa, Mastercard, Dinners
Das 21h até 00 – r$ 5

Das 00 em diante r$ 10

 

www.discofonia.com.br
www.eletronicbrasil.com.br


Category:Eletronic Brasil Nu Jazz Flavour -- posted at: 11:44am -03

Discofonia 42  - Open Field O Discofonia desta semana é dedicado ao selo independente de São Paulo Open Field, que faz uns CD-Rs lindos, em material reciclável, com belas capas e, melhor de tudo, boa música. Vou mostrar oito artistas diferentes que, em comum, têm o gosto pela experimentação. Como eu ainda estou no meu inferno astral tecnológico, e o meu computador não voltou do conserto, sigo gravando os podcasts com um IC Recorder. Acho que é melhor ter a voz mal gravada do que deixar de fazer o Discofonia, por isso peço desculpas pela qualidade sofrí­vel da gravação. Isso é compensado pela música deste podcast, que está entre as mais desafiadoras feitas no Brasil. Experimente e compre os discos. Cada um deles custa só R$ 15 na Peligro. Ah, e a foto é do Vurla.
This one plays songs from artists recorded by the Open Field label, from my home town.

1. Indústria Brasileira de Lavadoras Automáticas - input_output
2. Jazy-Man Metrópole - Sandro Garcia
3. Señorita Amnésia - Ahlev de Bossa
4. Sandinista - Vurla
5. Alga - Fóssil
6. Liberation Samba Ganja (DJ Dolores Remix) - Lado 2 Estéreo
7. Mastra - Müvi
8. Eu Protesto - Tony da Gatorra

[]s<br>
Guilherme
Direct download: Discofonia_42_Open_Field.mp3
Category:podcasts -- posted at: 11:21am -03